Mas que coza buena poder hablar um pouco sobre este estabelecimento, no qual eu sempre digo: no “PARK DANCE” me sinto em casa.
A atenção concedida por proprietários e funcionários à nós músicos, é sem igual...e o melhor de tudo é aquela prosa amigável no final do baile com o grande amigo André, parceiro de tantos eventos.
Meu irmão André, desejo a ti e à todos que junto contigo fazem do PARK DANCE sinônimo de sucesso. Meu sincero reconhecimento de carinho e gratidão por te-los não apenas como contratantes do nosso trabalho, mas nossos AMIGOS!
Abração, que Deus os abençoe!

Jeferson Braz (MADRUGA) - Os Serranos,